POIESIS


POIESIS


Oficina de Poesia Cinética


Museu da Luz |  Aldeia da Luz | Mourão

16 de Maio de 2019 | + 6 anos de idade

Horário | 14:00 às 16:30

Numa perspetiva de intervenção sociocultural de interação próxima entre a comunidade e os lugares de memória e de criatividade que a fundam e testemunham, o Terra. Corpo vem desenvolver uma Oficina de Poesia Cinética que visa estimular a participação social e a construção de um público-agente, promovendo e estimulando vivências profundas do património histórico e natural desde cedo.

Com uma metodologia baseada na Educação pela Arte, Educação Ambiental e Educação Emocional, utilizando técnicas centradas nas artes integradas e na pedagogia positiva, as crianças são interpeladas e convidadas a sentir, reconhecer, interpretar, compreender, expressar e comunicar o passado com uma linguagem contemporânea, aos olhos do seu mundo e das suas histórias, integrando o conhecimento do património no seu universo lúdico, criativo e afetivo.

No âmbito do Programa de Sensibilização para a Educação Patrimonial  da Direcção Regional da Cultura do Alentejo e das comemorações do Dia Internacional dos Museus, o Terra.Corpo traz POIESIS ao Museu da Luz.  Trata-se de um laboratório expressivo em que o lugar e a paisagem surgem como interface de dois atos criativos produtores de imagens: o visual e o poético. A efemeridade do presente é simbolizada na construção de objetos que se instalam e movem no espaço histórico e natural. O movimento intercepta o passado numa indissociável interatividade com o ambiente histórico, numa sintaxe dinâmica e criadora de novas relações entre os elementos semânticos do lugar. A Poesia Cinética propõe assim uma nova relação entre linguagem e comunicação, entre a poesia linguística (palavras), a dança e as artes plásticas, dando ao poema uma dimensão e um sentido tridimensional que reocupa o espaço do Museu, os seus fatores espaciotemporais de personalidade e os seus significados.


Com o apoio de 







 

Blogger news

Blogroll